Tu podes escolher começar hoje mesmo a desenvolver o teu bem-estar; não aquela coisa frágil que depende das circunstâncias, mas a criação de um estado de espírito em que estás bem, apesar das circunstâncias. Isto tem a ver com o desenvolvimento de resiliência, que é algo que se constrói, dia a dia, através de uma mudança de atitudes e hábitos. E podes começar este novo percurso com algumas práticas bem simples.

 

Identifica

Identifica as coisas preciosas que tens! Mesmo coisas que te parecem banais, como um copo de água fresca, o deitar na cama ao fim do dia, o som das vozes das pessoas que te são queridas, o sol, a liberdade de andares pela rua sem medo, … quantas coisas tens, que podem fazer a diferença na tua vida, se olhares para elas. Podes começar a escrever uma lista das coisas boas que tens — que são realidade; não é enterrar a cabeça na areia mas ver a realidade toda, inclusive as partes positivas.

 

Agradece

À medida que vais percebendo a imensidão de bênçãos que tens, começa a agradecer. O espírito de gratidão é um excelente antídoto para muitos problemas, desde distúrbios emocionais até relacionamentos difíceis. Agradece! Se não estás habituado a fazê-lo e isso te parece embaraçoso ou sem jeito, podes começar por agradecer de forma mais ligeira; por exemplo, algo tão simples como “Gostei de tomar este cafezinho contigo!”

Agradece também as coisas maiores, como a saúde, o teres um tecto para te abrigares, o teres trabalho. Agradece a Deus se isso te faz sentido, ou simplesmente agradece, mesmo sem especificares a quem. Com a continuação, isso vai-se tornando mais fácil e natural.

 

Relações

Percebe o valor de cada pessoa enquanto ela está viva e não apenas no seu funeral! Constrói intencionalmente bons momentos. Não tem que ser nada muito grandioso, mas precisa de ser intencional (senão não vai acontecer). Planeia regularmente tempo que possam passar em conjunto, sem expectativas de que “tudo corra bem”. Percebe que o objetivo não é tudo correr como tu queres, mas estarem juntos. E lida com imprevistos ou percalços com criatividade e sem dramas.

 

Memórias

Olha para trás, para a tua infância, e procura ver memórias de momentos bons que passaste. Provavelmente a maioria é de coisas banais ou até ridículas. Então, as memórias não precisam de ser algo perfeito. Apenas o estar juntos, fazer algo criativo e diferente do habitual ou desenvolver tradições que sabem bem. Estas tradições têm um papel muito importante, tanto na gestão das nossas emoções como no fortalecer dos laços que nos unem. E podem ser coisas banais. Por exemplo, quando os meus filhos eram pequenos e tinham uma audição ou um recital (ambos estudaram música), no final íamos comer uma pizza, apenas porque era mais prático. Mas isso acabou por se tornar uma tradição, que era agradável na altura e que agora é uma memória, de um tempo juntos, a conversar, rir, a relaxar depois de todo o stress da audição.

Constrói memórias com aqueles a quem amas. Esses são momentos preciosos que ninguém te pode roubar.

 

Tempo a sós

O silêncio e a solitude não estão muito na moda, mas são práticas importantes na recuperação do nosso bem-estar. Passar tempo com as outras pessoas é fundamental. Mas é igualmente importante passares tempo sossegado contigo próprio. Sem écrans, TV ou mensagens. Apenas tu. Podes tirar uns momentos ao fim do dia para te sentares um pouco na varanda a ouvir os sons do entardecer ou caminhar uns minutos antes de ires para casa. Encontra pequenos momentos para estares a sós, sem atividades que te encham a mente. Apenas a tomares consciência de ti e do que te rodeia. E deixa a tua mente aquietar.

 

O ritmo acelerado do dia a dia, as exigências e problemas, têm roubado muito do teu bem-estar. Mas tu podes recuperá-lo! Tu podes desenvolver a tranquilidade e paz que desejas. Começa a colocar em prática estas ferramentas que aqui partilhei.

Se desejas uma mudança mais profunda e sustentável, na LisboaCounselling podes aprender estratégias e ferramentas específicas para a tua situação e ter um acompanhamento, passo a passo, que te leve a alcançares o alvo que desejas.