Resiliência é uma escolha. É algo que podes treinar e desenvolver de forma consciente e intencional.

Bioquímicos

A resiliência está muito ligada ao nosso equilíbrio hormonal e bioquímico.

Os problemas, preocupações, todo o cenário mental negativo, levam o nosso corpo a produzir grandes quantidades de cortisol e outros bioquímicos negativos. Estes, por um lado, provocam emoções negativas, como ansiedade ou depressão e, por outro, reduzem a nossa capacidade e destreza mental.

Pelo contrário, o cenário mental positivo, a nossa atitude de focarmos nos aspetos positivos da vida e de usufruirmos deles, leva o nosso corpo a produzir mais endorfinas, dopamina, serotonina e outros bioquímicos positivos. Estes estimulam as nossas emoções positivas e de bem-estar, mas também ajudam o nosso cérebro a funcionar muito melhor, aumentando a nossa capacidade para lidar com os problemas. Ou seja, com mais endorfinas, somos mais resilientes — não desabamos quando os problemas caem sobre nós e somos mais capazes de ajudar, a nós próprios e aos outros.

Focar no Positivo

Não é enterrar a cabeça na areia, nem ser optimista, achando que tudo vai acabar bem (sabemos que isso nem sempre acontece assim). Devemos estar conscientes da gravidade do problema e estar determinados a usar toda a nossa capacidade para o resolver da melhor maneira possível.

Podes reduzir a tua auto-sabotagem, falta de coragem, desmotivação, concentrando-te nos aspetos positivos. Essa escolha vai aumentar a probabilidade de ultrapassares o problema e também a tua capacidade de análise e identificação das diferentes opções.

Mindfulness

Este, é uma série de ferramentas que nos ajuda a focar no aqui e agora, na nossa realidade (em vez de na preocupação ou nas expectativas); que nos ensina a usufruir das pequenas coisas, a sentir prazer nas coisas que costumamos considerar banais, ao nível dos sentidos: as coisas que vemos, que ouvimos, os cheiros, o sabor, o que sentimos através do toque da pele.

Estes momentos que gastamos a usufruir, vão colocar o nosso cérebro num cenário mental positivo, estimulando-o a produzir maiores quantidades dos bioquímicos e neurotransmissores que nos irão proporcionar uma vida mais plena, mais feliz e mais eficaz em lidar com os problemas.

Gestão de Pensamento Acelerado

O nosso adversário mais renhido é o nosso próprio pensamento. A preocupação, as memórias dolorosas que “colam” na nossa mente, as expectativas que nos mantêm em suspense, geram um desgaste mental e emocional tremendo.

Então, precisas de desenvolver a capacidade de desviar o teu foco dessa imensa sobrecarga, desse ruído mental constante, antes que o teu cérebro entre em “curto-circuito”, caindo num processo de burnout, ataques de pânico ou outro tipo de ruptura.

Neuro Programação

Grande parte do que fazemos, das nossas reações, atitudes, padrões de pensamento, funcionam como um “programa” que está implementado no nosso cérebro. Perante a mesma situação, o cérebro reage da mesma forma, segue o mesmo percurso. Então, a mudança tem que ser através de uma reprogramação desses padrões negativos e destrutivos. Precisas de criar e implementar novos programas que te permitam agir e reagir de forma mais positiva. Deixas de viver em piloto automático, em que não tens qualquer controlo sobre os teus pensamentos, emoções ou atitudes, e passas a viver de forma consciente e intencional.

Post-Traumatic Growth

Os teus traumas podem destruir-te… ou tornar-te uma pessoa melhor. Tu podes escolher o teu diagnóstico — Post-Traumatic Stress Disorder… ou Post-Traumatic Growth? O trauma é o mesmo; a tua escolha é que vai determinar o que vais fazer com ele.

Podes ficar com um rótulo, uma dor, que te irá seguir toda a vida. Muitas pessoas vivem nesse modo — “fui maltratado”, “o meu pai não me deu a atenção que eu precisava”,… Pode ser verdade. Mas não tens que continuar aí.

Nos meus clientes, o que faz a diferença não é a gravidade da sua situação, mas a sua determinação para sair dela. Se a tua escolha é saíres do modo negativo e destrutivo em que tens vivido, então podemos começar a treinar as competências para alcançares esse alvo.

Counselling é um treino de competências. Resiliência faz parte desse treino.